Anestesia

O que é uma anestesia?

anestesia

É a supressão artificial por meio de anestésicos da sensibilidade em uma parte do corpo ou em todo o corpo da pessoa com vista a uma intervenção cirúrgica. A pessoa fica insensível à dor ao calor e ao toque.

Em medicina dentária aplicam-se as anestesias gerais ou locais.

Anestesia local

A opção do tipo de anestesia a utilizar depende da região a ser anestesiada e da duração da intervenção. A anestesia é realizada por infiltrações nas diferentes zonas a anestesiar; maxilar e mandibular. Em medicina dentária este tipo de anestesia é a mais utilizada seja para tratamentos com implantes, extrações de dentes ou restaurações.

Anestesia local com sedação consciente

Sedação consciente oral. Esta técnica é indicada para os pacientes ansiosos e tem uma ação ansiolítica . O médico prescreve um medicamento que pode aliviar a ansiedade. Ainda assim é possível tomar um sedativo horas antes da consulta para que se sinta mais descontraído durante o tratamento.
Sedação consciente. É realizada no consultório com a presença de um anestesista. Consiste na administração de um gás através de uma máscara nasal. A dose de gás a administrar é controlada por um aparelho e pelo médico. O Protóxido de Azoto ou óxido nitroso é um gás com cheiro adocicado e que permite vários níveis de sedação dependendo da quantidade a ser administrada. Provoca principalmente bem estar e o paciente fica colaborante. Atua a nível cerebral. É uma técnica muito utilizada na Europa e Estados Unidos, absolutamente segura para adultos e crianças.

Anestesia geral

Quando a anestesia local não é aconselhada pode recorrer-se à anestesia geral. O agente anestésico é introduzido por via intravenosa ou inalado. Neste caso a presença do anestesista e de uma equipe multidisciplinar é obrigatória. Em medicina dentaria este procedimento é adequado a implantes zigomáticos que requerem internamento em um hospital e anestesia geral com a presença de um anestesista A pessoa pode ser alérgica aos produtos que fazem parte da composição das anestesias locais e só se aplicar a geral.
O paciente pode não cooperar ou a sua cooperação ser extremamente difícil .
Para a utilização de este tipo de anestesia, os fatores médicos de risco significativo devem ser analisados e por isso nem sempre a anestesia local é a mais adequada.

Existem contra indicações para a anestesia?

Existem vários tipos de anestesias, com vasoconstritor ou sem, adequadas a casos específicos. Por exemplo, pacientes com pressão arterial alta ou não tratada, doenças cardíacas graves, diabetes não controlada, hipertiroidismo, são sujeitos a questionários cujo objetivo é determinar o tipo de anestesia a utilizar e a mais adequada.

Se tem medo de ir ao dentista informe-se sobre os vários tipos de anestesia que melhor se adaptam ao seu caso. Os nossos médicos podem ajudá-lo com naturalidade a ultrapassar esse obstáculo.