Oclusão Dentária

oclusão dentária

As principais funções em oclusão são:

A função mastigatória: esta realiza-se pelo movimento das arcadas dentárias, movimento da língua e das regiões jugais. Estes contactos devem ser bem distribuídos, harmoniosos e a traumáticos evitando esforços excessivos em uma só peça ou fora do eixo;
A função fonética: esta função aciona grande variedade de músculos;
A função da deglutição: para que a função da deglutição se faça na perfeição é necessário que as arcadas dentárias entrem em contacto estável e haja uma sincronização e equilíbrio de todos os músculos que envolvem a mandibula.

O síndrome da ATM são disfunções que envolvem a postura e causadas pela oclusão dentária. É a chamada Disfunção da Articulação Temporomandibular.

Principais sintomas e sinais de disfunções da ATM

Crises de apneia de sono, dificuldade de conciliação do sono, roncar quando se dorme, dor nos músculos faciais, vertigens, zumbido nos ouvidos, alterações da mímica facial e tiques, dores de cabeça, alterações de postura, ansiedades várias e depressão, desequilíbrios e quedas inexplicáveis. O maxilar produz estalidos e pode bloquear. A pessoa pode acordar com enxaqueca após uma noite a ranger os dentes.

Como se deteta o síndrome de ATM ?

Os sintomas acima referidos podem ser encontrados em outras afeções e por isso nem sempre é fácil caracterizar exatamente as disfunções. Elas nem sempre são bem definidas e estanques.

  • História clínica: a história clínica do paciente é o primeiro passo importante a realizar. A informação fornecida por ele e pelos seus familiares fornece pistas de grande utilidade.
  • Observação: a observação do paciente em frente a um fio de prumo permite apreciar com nitidez as curvaturas anormais da coluna. A observação do padrão oclusal é de extrema importância assim como a marcha e os membros.
  • Exames complementares de diagnóstico:
    Em ortodontia fazem-se os modelos de estudo e as fotografias do paciente. A impressão dos pontos de mordida com papel químico adequado para oclusão mostra as zonas de contacto dentário.

A telerradiografia de frente e de perfil é também muito importante. A TAC em 3D mostra a base do crânio. O quinesiógrafo é um aparelho complexo em que se monitorizam os movimentos da mandíbula. Estes dados são posteriormente monitorizados e integrados informaticamente no ecrã de um computador.
Fazem-se ainda vários testes como teste de mobilidade da anca e outros em que se faz marchar o paciente no mesmo lugar de olhos fechados e braços estendidos para a frente. Este é bastante útil na determinação das causas oclusais que alteram a postura.

Diagnóstico de síndrome de Disfunção da Articulação Temporomandibular.

O diagnóstico é feito pela reunião de todos os elementos, exames, observação, história clínica e testes. O diagnóstico da disfunção deve caracterizar a disfunção assim como identificar as causas que deram origem.

Quais os tratamentos para a síndrome de ATM em medicina dentária ?

  • Coronoplastia: Este é o procedimento em que se corta o esmalte do dente nas zonas oclusais para conseguir uma melhor oclusão.
  • Ortodontia: Os tratamentos de correção ortodôntica permitem uma modificação da posição dos dentes nas arcadas dentárias.
  • Prótese: As próteses removíveis ou fixas permitem restaurar a oclusão, aumentar a dimensão vertical, repor falhas ou modificar a curvatura das arcadas dentárias. São exemplo disso a goteira oclusal vulgarmente chamada de prótese de reposicionamento; este aparelho pode ser usado durante a noite para dormir e evitar o ranger dos dentes. A goteira oclusal é feita de resina acrílica e transparente.
  • Cirurgia: Através da extração de um ou mais dentes é possível remover diretamente o mau contacto. Para tratar as grandes desarmonias dentárias utiliza-se frequentemente o recurso à cirurgia ortognática.