Menu

Sensibilidade dentária

A sensibilidade dentária tal como o nome indica é uma dor nos dentes mais forte ou mais ligeira.
A dor da sensibilidade dentária pode ser aguda e rápida semelhante a uma "guinada" desagradável. Surge quando os dentes entram em contacto com bebidas e alimentos frios, e ao contrário com o contacto com o calor, quando se toca ou até quando se fala pela entrada de ar frio na boca. O açúcar em contacto com o dente causa também sensibilidade.

Dente saudável sem sensibilidade

Um dente são tem uma camada de esmalte a proteger. O esmalte protege a coroa do dente acima da margem gengival. A dentina está localizada por baixo do esmalte e do cemento. A dentina é composta por muitos túbulos microscópicos. Quando a dentina do dente fica menos densa, quando desaparece a sua cobertura protetora , através dos inúmeros túbulos da sua composição passam por ela o calor, o frio, os alimentos ácidos ou os açucares. Ao permitir esta passagem a pessoa sente dor ou incómodo. Esta dor é mais ou menos forte e mais ou menos prolongada dependendo do desgaste da película protetora que é o esmalte. Este incomodo denomina-se de hipersensibilidade.

Causas da sensibilidade dentária

  • Tratamentos dentários gastos tal como a restauração de um dente.
  • A existência de cárie dentária mais ou menos extensa e próximo do nervo do dente.
  • Doenças das gengivas tal com a gengivite ou periodontite.
  • Raiz do dente exposta.
  • Traumatismos vários tal como um dente fraturado.

Consequências de ignorar a cárie dentária

Se a sensibilidade persistir e não for tratada os dentes ficam mais vulneráveis à doença cárie e às doenças gengivais. Tratamento para a sensibilidade dos dentes.

  1. Desvitalização do dente ou tratamento endodontia.
    A desvitalização ou endodontia consiste na remoção do nervo que se encontra no interior do dente e que provoca a hipersensibilidade.
  2. Restauração.
    Utilizam-se compósitos restauradores no dentista. Os compósitos são massas disponíveis em várias cores. O procedimento é a eliminação da cárie e a reconstrução do dente com este material restaurador.
  3. Coroa fabricada em laboratório.
    A coroa de cerâmica coloca-se por cima do coto de um dente. Protege a raiz e torna o dente mais resistente.
  4. Géis com flúor.
    Aplicam-se nas clínicas dentárias. Reduzem a sensibilidade fortalecendo o esmalte. São preventivos.
  5. Pastas dentífricas e elixires. Existem à venda em farmácias elixires adequados para reduzir a sensibilidade dos dentes. As pastas e os elixires requerem aplicações frequentes de acordo com as instruções da embalagem. Na sua composição predominam agentes que bloqueiam a transmissão de sensações ao nervo do dente. Se usados regularmente e a sensibilidade não for muito forte podem em alguns casos resolver a hipersensibilidade.